18/01/2016

[Resenha] Bandas Sonoras: 100 Retratos na Música Portuguesa - Rita Carmo

Título: Bandas Sonoras: 100 Retratos na Música Portuguesa
Ano: 2013
Páginas: 216
Autora: Rita Carmo
Editora: Chiado Editora
Compre aqui: Chiado Editora













Sinopse: Os sentidos não são divisões estanques, de paredes grossas, sem portas. Na verdade, os sentidos não têm sequer paredes a separá-los. O único lugar onde surgem divididos é na linguagem e, se o fazemos, é por preguiça analítica.Quando se sente o paladar de um prato, é evidente que o olfacto faz parte desse instante e os olhos, claro, também comem. Este cruzamento de sentidos está em tudo, faz parte da própria experiência de se ser humano. A música, aparentemente um espaço sonoro, tem uma dimensão visual imprescindível. E nem é necessário argumentar com o enorme investimento que todas as boas bandas fazem nessa área (mesmo quando se trata de uma negligência estudada, um penteado despenteado com todo o cuidado). Aquilo que sabemos da música e, por consequência, daquele que a criou ou interpreta, entra pela música adentro.
Se possível, fixamos os olhos de quem nos canta para lhe avaliarmos a sinceridade. Também a comunicação não é compartimentada, é uma só, feita de estar e de ser. Mas nada disto é segredo para quem já esteve num palco diante de cinquenta ou de cinquenta mil.
Com frequência, ao longo de anos, o olhar de Rita Carmo sustentou o olhar de muitos. As imagens que se seguem contam essa história, paralela a muita cumplicidade evidente, amizade, gente contemporânea a partilhar um mesmo tempo e um mesmo espaço, este país. Talvez uma das histórias possíveis da música portuguesa.
Em si, cada imagem é uma história. Essa é a natureza de estarmos vivos num determinado instante. Há o passado que levou cada indivíduo até ali e há a enorme promessa de futuro que, naquele ponto, raramente é considerada na sua totalidade. Nós, com tempo, exteriores, espectadores, temos essa vantagem reflexiva.
A fotografia, já se sabe, é um instante. Mas o mundo existe inteiro em todos os momentos. Os grandes fotógrafos são capazes de conter toda a complexidade desse instante numa imagem. Parece um milagre, mas é simples e natural. As fotografias que se seguem também são para ouvir. Estão cheias de música.
José Luís Peixoto, Outubro 2013


Oii pessoal, como vocês estão?
Eu estou contente e realizada com os livros que já comecei a ler este ano, foram poucos ainda, mas pretendo ler mais hahaha  Espero!!

Hoje é um dia bastante especial para mim aqui no blog, porque será? Porque trago a primeira resenha em parceria com a Chiado Editora, vocês podem ver a minha animação que estou sentindo desde que consegui essa nova conquista. 

O livro chegou por Sedex aqui em casa, fiquei bem louca das ideias, nunca tinha recebido nada assim, fiquei sem jeito. 
Quando abri o pacote não consegui largar o livro de tão lindo. Todas as pessoas que vinham aqui em casa, eu mostrava de tanta beleza. Vocês conhecem como são maravilhosas as edições dessa Editora, não é?

O livro Bandas Sonoras: 100 retratos da música portuguesa, demonstra principalmente uma homenagem para a fotógrafa Rita de Carmo, com várias imagens lindas e bem elaboradas durante a leitura do livro.
Ao abri-lo você encontrará um texto encantador explicando o poder que a fotografia e os momentos musicais que podem representar para as nossas vidas. Coisas simples que não damos atenção e que acontecem no nosso cotidiano.
“No coração com a saudade/ De não ver o mar sem fim (Quando não posso cantar/ Tenho saudades de mim). ” Pág. 38
Pode-se perceber durante a leitura a grandeza e o bem que está mulher fez para diversas pessoas, a forma em que trabalhaste em cada situação de um clique de um foto. As ideias que teve e que foram absorvidas de maneira correta e nem se quer foram questionadas.
“Porque o futuro tem memória e a única estrela é o público. ” 73
Em cada imagem que o livro contém, tem uma frase, uma mensagem para Rita, quanto para quem está lendo. É possível refletir com algumas palavras e fotos que ali se encontram, levando a mostrar o verdadeiro “eu” de quem foi fotografado.
Em algumas situações, é possível perceber o quanto Rita mudou a vida de cada músico, como soube enriquecer as fotos com objetos ou lugares simples que estavam na frente dos seus olhos, mas que apenas uma câmera e uma fotógrafa como ela para dar valor a essas situações.
“Do lado de lá da fronteira há sempre coisas para conhecer que não se encontram do lado de cá. ” Pág. 143
Ao longo dos dias, pesquisando todas as bandas que ali se encontravam no livro, me admirei. Sempre tive um amor muito grande pela cultura portuguesa antes de mesmo ter o livro, os locais que possuem, quem sabe um dia eu tenha oportunidade de visitar.
Mas, voltando ao assunto, me agradei de vários músicos. O que mais me chamou a atenção foi Vitorino, uma música clássica, no qual meus ouvidos adoram escutar, agora escuto diariamente e gostaria que vocês também pesquisassem se possível e me falassem o que acharam.
“Aqui toda a janela nos faz lembrar o lugar, onde a esperança nasce, onde a presença dela inunda toda a rua, até fazer inveja à Lua.” Pág, 159
Este é um dos vídeos do Vitorino que recomendo para vocês conhecerem. 
Existe uma grande variedade de gêneros musicais no livro, todos que possam imaginar: vai de música clássica a punk rock. Isso mostra que não existe preconceito musical, que todos os ritmos e gêneros podem se juntar e ao mesmo tempo se complementar em uma fotografia.
A edição está impecável e linda, tem aquele cheirinho de novo que encanta. As páginas são aquelas grossas, e gostosas de serem folheadas.

Sobre a autora:
Se não passou na televisão, é porque não aconteceu. Da mesma forma, pode afirmar-se que, se Rita Carmo não fotografou, é porque não é música portuguesa. Rita Carmo é o olho oficial do semanário e revista musical Blitz desde 1992.
Espero que tenham gostado dessa resenha!

37 comentários:

  1. Morgana, que livro é esse? Já quero!
    Como você, eu também sou estudante de Letras, e semestre passado tive um professor maravilhoso de Literatura Portuguesa, que nos mostrou não só a literatura de Portugal mas também suas músicas e eu fiquei encantada.
    Se eu tiver a oportunidade vou adquirir o livro, não conhecia muito bem o trabalho da Chiado, mas bom saber que ela faz edições tão boas.
    Bjs,

    Juliana Duvi
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você Juliana, tu não tem noção como este livro é enriquecedor e maravilhoso, aprendi tanta coisa que nem consigo acreditar!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Livros que nos trazem mais que literatura e sim outras culturas, são sempre bem vindos. Fico imaginando como não deve ser delicioso ler, afinal de contas tu acaba tendo em mãos um acervo interessante de música portuguesa ♥ ♥ ♥

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um acervo tanto da música portuguesa, quanto sobre a fotógrafa Rita Carmo, foi maravilhosa essa leitura <3
      Beijinhos

      Excluir
  3. Gostei da capa, achei interessante, todavia desconheço e muito da cultura portuguesa que não seja a época das grandes navegações.
    http://www.sagaliteraria.com.br/2016/01/dica-literaria-2001-uma-odisseia-no.html
    www.facebook.com/asagaliteraria

    ResponderExcluir
  4. Oiee, tudo bem?

    Parabéns pela sua larceria com a Chiado Editora, eles tem uns livros bem cutes <3

    Me lembro da sensação que tive ao receber meu primeiro livro por correios, mostrava pra todo mundo kkkk é inesquecível.

    Gostei da proposta desse livro, música e fotografia é uma belíssima combinação. Nunca nem ouvi falar desse Vitorino, mas fui ouvir uma música dele e gostei. Aposto que tem outros artistas incrìveis pra se conhecer com essa leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, tudo sim e contigo?
      Tem muitos artistas incríveis neste livro que adorei bastante ter tido a oportunidade de conhecer <3
      Beijão

      Excluir
  5. Que livro lindo! Não conhecia, mas fiquei encantada com sua resenha! Me deu muita vontade de ler e espero ter a oportunidade em breve, pois tenho certeza que será uma leitura incrível. Ótima resenha, parabéns.
    Beijos!!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuito obrigada, super recomendo que você leia um livro assim <3
      Beijinhos

      Excluir
  6. Você tem um perfil literário peculiar e é justamente isso que eu amo em seu blog e em suas resenhas. que livro sensacional. Eu sinto prazer quando chego num blog e aprendo algo, quando ele consegue ir além dos clichês, e assim é seu blog. Eu gostei do livro, não conhecia e acho uma leitura válida, eu não sei praticamente nada da música produzida em Portugal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí Lilian, muito obrigada por elogiar meu blog, acho que temos gostos parecidos haha ainda bem!!
      Você iria adorar as frases e as palavras que cada página possui.
      Beijão

      Excluir
  7. Ooi, linda! Eu não costumo ler livros que tratam sobre músicas ou mesmo arte (já tive livros que falavam de arte, mas não é meu forte kkkkk), mas achei este interessante. É bom quando adquirimos conhecimento sobre certo assunto que nos interessa! A capa deste livro é linda *-* também achei legal ter fotografias durante a leitura.
    A sua resenha está ótima! Parabéns :)
    Beeeijos.
    Thoughts and Adventures

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ruhh
      Muiito obrigada, eu sempre costumo comprar livros assim, é um vício hahaha
      Beijinhos

      Excluir
  8. Esse livro parece ser lindo mesmo, e deve ser uma leitura excelente, mas infelizmente não faz parte dos gêneros que eu mais gosto de ler.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Morgana!
    Eu curto muito Portugal, accho um país muito bonito, embora a nação fale um tanto alto demais. Nunca me interessei pela música portuguesa, a não ser melodias clássicas, que é impossível não conhecer. Pra ser sincera, só conheço um cantor, chama Quin Barreiros, mas pelo amor de deus, de você gosta de música portuguesa de verdade, não escute, é quase uma paródia cultural, embora ele também seja português..
    bjs
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí Isa kkkkkkkkk não vou escutar prometo então, vou continuar com as que eu admiro <3
      Beijão

      Excluir
  10. Nossa, a edição está linda demais! Mas confesso que o livro não me interessou... não sou muito ligada em música, nem em fotografia, então fotos de uma pessoa especialista em fotografar músicos realmente não me atraem. Mas fico feliz que tenha gostado tanto da obra e descoberto novos músicos que te agradaram!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Ei, adiciona na sua lista da Chiado o Em Busca das Borboletas, estou lendo e adorando. É maravilhosa a editora, as edições são perfeitos. Te entendo pois saio mostrando pra todo mundo os meus recebidos e se quer a verdade, até o pacote do recebido eu guardo KKKKK ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk menina, faço a mesma coisa é pura loucura quando chega aqui em casa!

      Excluir
  12. Olá, Morgana. Para quem gosta do assunto e da Cultura esse livro parece ser muito bom para conhece-la melhor. Infelizmente, não é o meu estilo de livro.
    Fico feliz que o primeiro livro de parceria com a editora tenha sido de bom proveito para você.

    Beijo,
    www.pactoliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii
      Ah sim, que pena. Menina foi maravilhoso ler este livro!
      Beijão

      Excluir
  13. Olá!
    A capa é linda e é um livro interessante. Eu não sei nada de músicas de Portugal rs' e esse livro seria uma boa, pois trás uma cultura que não conhecemos, eu pelo menos. E que cuidado a editora teve nessa edição tão caprichada. Imagino a sua animação. Parabéns pela resenha pela parceria!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bom?
    Gosto de livros nesse estilo biográfico, ainda mais por falar de música. Achei esse interessante por trazer a cultura portuguesa, tema que tenho pouco conhecimento. A diagramação do livro é muito bonita.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Aline
      É incrível mesmo, a cultura portuguesa não é muito comentada atualmente, mas é bem válido pesquisar sobre.
      Beijão

      Excluir
  15. Oii que livro diferente!!
    Adorei a diagramação e as fotos... mas confesso pra vc que não é o tipo de livro que eu curto ler
    Por isso, mesmo diante da sua resenha que está muito boa, vou deixar a sua dica passar.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pela parceria! A Chiado tem uns livros bem interessantes mesmo, gostei de saber mais sobre esse! Adorei o seu texto. beijos

    ResponderExcluir
  17. Ola lindona que Edição linda parabéns a Editora, as fotos estão lindas, não conhecia o livro e para falar a verdade não conheço muito da música portuguesa, mas adorei a dica e fica a expectativa para conhecer mais sobre o tema. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  18. Olá

    A diagramação tá muito bonita, adorei a premissa do livro, gosto de livros assim,porque já conheci várias bandas que hoje gosto bastante através dos livros, dica anotada.

    Bjss

    ResponderExcluir
  19. Primeira editora parceira do meu blog, a gente nunca esquece. Né? HAHAHA
    A edição do livro é linda, o design, tudo nesse livro é lindo.
    E é bem legal conhecermos as músicas, cantores e bandas nacional e conhecer até mesmo nossa própria cultura.Amei a escolha do livro.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Segredos Literários | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS