24/07/2016

Resenha l A Casa do Poeta - Leandro Salum


Título: A Casa do Poeta                                                 Autor: Leandro Salum
Ano: 2016                                                                              Editora: Autografia
Páginas: 96                                                                            Compre aqui: Editora Autografia

Sinopse: Um livro novo, para um novo olhar, um novo amor, uma nova vida, um novo lugar para morar dentro de si mesmo. A porta está aberta, a casa é sua! Entre e se encontre.


Oiii gente, como estão?
Hoje trago uma resenha linda e pura. É a primeira obra que recebo em parceria com a Autografia Editora e vocês não imaginam a minha felicidade em ver essa maravilha nas minhas mãos.

Para quem acompanha o blog e meu Instagram sabe minha paixão por poesias, fico realmente encantada e enlouquecida quando vejo uma, morro de amores! E acreditem, esse livro é puro encanto.

Leandro Salum procura transferir por entre as palavras a doçura de um sentimento, o verdadeiro sentimentalismo que muitas das vezes não notamos ou deixamos passar por vontade própria.
Simplicidade
Amemos a simplicidade
Do jeito que ela nasce
Sem roupa ou vaidade.
Sem ritos ou disfarce.
Ela é in natura.
Não pode ser copiada.
Se lhe dermos uma ranhura
Já se torna complicada. 
A simplicidade é algo solene.
Que habita em todo lugar.
Faz o instante perene
E nos leva a suspirar.
Pág. 51
Procura ressaltar sobre a verdadeira simplicidade em cada palavra dita e que poderia representar para uma pessoa diante das decisões tomadas. É saber dar valor ao que está a nossa volta, sabendo que um dia isso tudo não fará sentido, iremos partir dessa vida.


O sentimentalismo e a pureza se transbordam durante as poesias, são palavras ditas e combinadas que possuem uma capacidade de nos tocar e emocionar, são exemplos utilizados do nosso cotidiano que realmente fazem a diferença e muita das vezes não percebemos. 
Soneto Atrevido
Ainda que eu escrevesse mil poemas
E gastasse com isso muitas penas.
Se meu latim acabasse de tanto compor
Ainda assim, teria eu no peito um ardor. 
Ainda que calassem o meu vernáculo
E em secreto roubassem o meu báculo,
Sem  amparo eu declamaria pelas vias
Mesmo que estivessem vazias. 
Ainda que eu pareça um desvairado
Ou que me tomassem por alucinado
Ainda assim, faria poesia. 
Ainda que de morte fosse ameaçado
E que meus versos fossem queimados
A recomeçar, ainda assim, me atreveria.
Pág. 81
É diante dessa obra que percebemos que podemos refletir e, como as palavras são emotivas quando são utilizadas da maneira correta, chegando a aquele fundinho que muitas das vezes a rotina não nos permite alcançar.


A obra traz uma bela quantidade de poesias que podem ser lidos a cada início de um dia ou antes de dormir, para então pensarmos e enfrentarmos o dia de outra maneira.

Realmente dessa vez a resenha ficou pequena, pelo livro ter toda essa grandiosidade, fiquei com medo de desvalorizar o livro. Só posso dizer, que essa obra deveria estar em todas as estantes e cabeceiras de todos os leitores. Por isso, digo, aproveitem e realizem a compra. Não irão se arrepender!

Além do mais a edição está fabulosa e linda, as poesias são separadas por páginas e com detalhes em cada título. A escrita do Leandro é maravilhosa e nos encanta a cada palavra lida, utilizando palavras de simples compreensão. As folhas são amareladas e o texto possui letras grandes.


Sobre o autor:
É mineiro, nascido na cidade de Governador Valadares onde vive atualmente com sua família. É escritor e leitor assíduo de poesias e por cultivar tal paixão, lança seu primeiro livro “A Casa do Poeta”, fruto de vários anos inspirado no cotidiano e na beleza da vida.

Espero que tenham gostado dessa resenha e da obra, me contem o que acharam!
Até a próxima.

36 comentários:

  1. Que bom saber que o autor também é mineiro! Eu ainda não conhecia o livro, só pela capa bonita já gostaria de tê-lo, e pela sua resenha e pelas poesias postadas, realmente parece um livro que eu iria gostar de ler e me sentiria tocada pelas poesias.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Morgana!
    Que livro mais fofo!!! Sou apaixonada por poesias desde pequena e até arrisquei escrever algumas (naquela fase da adolescência que tudo tem que fazer uma rima - hahahaha). Adorei a dica do livro e os poemas que postou. São puro amorzinho e já mostram o quão doce a leitura deve ser.
    Super te entendo, tem livros que são tão grandiosos que escrever sobre eles é tarefa difícil já que faltam palavras para expressar o que se sente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Morgana!
    Nossa, faz anos que não leio um livro de poesia que não seja para a universidade haha
    Não conhecia o livro, mas me deu uma vontade de ler depois da sua resenha...! Vou colocar na lista e comprar antes da Bienal haha
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Olha, confesso que tem muito tempo que não leio um livro de Poesia. Alias eu acho que li um quando ainda era criança. Estou apaixonada por esse só pelo que você falou dele. Já está na lista de desejados.
    Bjss

    livrosemarshmallows.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ooi Morgs!!
    Aaah, nunca tinha visto um autor de Governador Valadares. Eu sou de uma cidade lá pertinho haha
    Não conhecia o livro, mas como amooo poesias, e as do autor parecem ser ótimas, já vou adicionar a lista de leitura.

    Beijoos
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Infelizmente não gosto muito de poesia e vou acabar deixando essa dica passar, mas fico feliz que você tenha gostado tanto da obra.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  7. Olá, infelizmente poesias não é meu forte. Tem muito tempo que não leio e acho que já não faz mais meu estilo. Que bom que você gostou da obra <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/2016/07/resenha-jovens-de-elite-marie-lu.html

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro e já tem um tempão que não leio poesias, o último livro deve ter uns 3 anos...
    Vou anotar esta dica, pois estou mesmo querendo algo do gênero para variar.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu amo ler poesias e poemas e esse livro com certeza iria me encantar, pois como você descreveu na resenha, parece ser um livro encantador e belo. Vou anotar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  10. Ja gostei muito de poesia, poema, ja escrevi tantos tambme, depois uma epoca, nao queria muito saber deles nao...rsrs... Mas esse livro talvez eu leia para resgatar um pouco dessa simplicidade!!

    Beijos
    Viviana

    ResponderExcluir
  11. Confesso que poesia não é um estilo literário que me prende, mas mesmo assim acho importante a valorização da poesia em um cenário nacional. Fiquei feliz em saber que existem editoras que investem no estilo e que ao mesmo tempo valorizam um poeta nacional. Parabéns por abrir um espaço no seu blog para este livro

    ResponderExcluir
  12. Olá, poxa que bacana ser a sua primeira leitura em parceria com a editora. Eu estou com esse livro aqui e ando lendo aos pouquinhos, inclusive vou fazer uma resenha dele essa semana. Gostei de ver a sua opinião sobre a obra e também tenho gostado muito.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Não tenho o hábito de ler poesias mas admito que sua resenha me deixou curiosa por essas, justamente por essa grandiosidade que o livro tem que você não conseguiu explicar.
    Ótima resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Não leio muita poesia, mas gosto, achei muito interessante a obra do Leandro e adorei as poesias inseridas na resenha, A Gota D'água é muito profunda e fiquei encantada, sem dúvidas é um livro que eu vou gostar, procurarei mais sobre as obras, pois realmente gostei e afinal, ler boas poesias transforma nosso dia!

    ResponderExcluir
  15. Oi Morgana, sua linda, tudo bem?
    Faz muito tempo que não leio um livro de poesias. Na época da escola eu lia muito e também tinha meu próprio caderno onde arriscava alguns versos, risos... Hoje leio mais ficção, mas vou deixar a dica anotada, já que elogiou tanto. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oiii!!

    Eu não conhecia esse livro e gostei muito da sua resenha. Mesmo não tendo muita familiaridade com o estilo da leitura ele me agradou um pouco.
    A simplicidade da escrita e essa capa estão super atrativas.
    Dica anorada.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?

    Aprendi a me apaixonar por poesia e, hoje, é um dos gêneros que mais amo no universo. Leria esse livro com muita facilidade e gratidão. Adorei Soneto Atrevido. O que gostei no autor, pelo pouco que li agora, é que ele não se prende a um só estilo de poema. Canso rapidamente de poemas construídos só de um modo, porque gosto de saber que o autor tá se desafiando e, em igual medida, desafiando o leitor. Parabéns ao autor, com certeza, quero ler! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Que lindo, amei!
    Amo poesias.
    Curti mto teu post
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Que livro pequeno! Faz tempo que não leio Poesias, tenho uma aqui que recebi de uma autora parceira. Não vejo a hora de ler e resenhar lá no blog. :)

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  20. Morgana, eu não gosto muito de poesia, mas amei a sua resenha.
    Adorei o fato de trabalhar com o cotidiano, a aproximação faz a gente acabar gostando mais.

    ResponderExcluir
  21. Oi Morg!
    Desculpa, foi impossível não reparar nas bolinhas de gude nas fotos e fiquei morrendo de saudade da infância e achei suas bolinhas lindas kkkkkkkk
    Eu vi fotos desse livro sendo postadas com você e já tinha sacado que viria uma resenha super positiva (e acertei). Eu não gosto de ler poesias então passo eessa dica.

    ResponderExcluir
  22. amo poesia, mas confesso nunca ter ouvido falar do autor e editora... vou ficar de olho no catálogo... curti as poesias que vc deixou em destaque, ele tem uma escrita bacana, bem profunda mesmo... ^^
    e que legal vc ter curtido a leitura... ^^
    bjs...

    ResponderExcluir
  23. Olha Morgana eu sou apaixonada por poesias, e acabei comprando o livro com a tua resenha, sabia? Quando você falou em pureza chega bateu o calafrio (de um lado bom). Espero gostar do contéudo do livro, tanto quanto gostei da capa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ler esse comentário fez o meu dia muito especial e lindo <3 sério, isso me motiva a continuar com o blog a cada dia que se passa, tenho certeza que tu adorar o conteúdo e volte para me contar o que achou!
      Abraços

      Excluir
  24. Oie, tudo bem? Gostei bastante da resenha, o livro parece ser ótimo mesmo. Gosto bastante de poesia, acho que vou me dar bem com a leitura!

    ResponderExcluir
  25. Morgana que resenha linda! O autor é muito talentoso, essas pequenas poesias que você colocou já demonstra a genialidade do Leandro, acho tão lindo quem consegue expor seus pensamentos em versos e ele sabe muito bem. Amei a capa, é simples, mas muito bonita. Com certeza quando tiver oportunidade irei adquirir!

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. OI!!

    Gosto muito de poesia e acho que essa é a base pra quem ler, afinal as junções de letras pra qualquer estória é um ritmo escandecente, cujo objetivo é incendiar todos a sua volta. Não conheço o autor, mas achei a obra válida e leria... bjs

    ResponderExcluir
  27. Ainda não conhecia esse livro, mas já anotei aqui na wishlist pois adoro livros de poesias!!!
    Adorei sua resenha
    Beijos

    blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Oie, apesar de todos seus elogios para obra confesso que poema e poesia não é um gênero que eu tenha paciência de ler. Os únicos poetas que gosto de ler são Augusto dos Anjos e Álvares de Azevedo pois me identifico com a poesia deles.
    Vou deixar passar a dica dessa vez...
    Bj

    ResponderExcluir
  29. Amiga será que um dia vamos bater nas leituras?? kkkk
    Ai eu não curto muito o gênero abordado, tentei na época de escola ler mas não fluiu para mim em momento algum, porem da para sentir sua empolgação, continue assim. Sua resenha como sempre ótima.

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Oi Morgana, não sou muito de ler poesias, apesar de ter alguns autores que não dispenso. Quando comecei a ler sua resenha pensei comigo que talvez não fosse gostar tanto quanto você, mas ali li os exemplos de poesia que você deixou e cheguei a conclusão que é bem do jeito que eu gosto, simples, nada rebuscado e bonito. Gostei!

    ResponderExcluir
  31. Oi, Morgs. Tudo bem?
    Que livro mais lindo! Confesso que não leio muita poesia atualmente. Quando criança eu as devorava, mas hoje prefiro romance mesmo. Mas, com certeza daria uma chance a esse livro, as citações que você selecionou são incríveis!
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  32. Oie
    Que lindos poemas vc colocou aqui, parece ser bem legal o livro principalmente pra quem curte poesia, tenho uma amiga que amo e eu quero ter o hábito de ler mais esse tipo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oii
    O livro parece ser emoção só! Perfeito para quem gosta de poesia!
    Não leio muito poemas, mas quero muito mudar isso na minha vida!
    Bjus

    ResponderExcluir
  34. Olá,
    Não leio poesias. na verdade estou pensando em começar, quem sabe num futuro.
    http://euinsisto.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Morgana, seria clichê eu dizer que amo poesia? rsrsrsrsrs mesmo assim, digo. Esse livro é verdadeiramente fofo, ao menos os textos que você explanou, me passaram essa ideia, curti bastante.

    ResponderExcluir

Segredos Literários | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS