02/08/2016

Resenha l Almas de Porcelana - Gociante Patissa


Título: Almas de Porcelana                                              Editora: Penalux
Ano: 2016                                                                                  Compre aqui: Loja Penalux
Páginas: 88                                                                               Skoob
Autor: Gociante Patissa


Oiii gente, como vai?
Hoje venho trazer a resenha de um livro realmente maravilhoso que recebi em parceria com a Editora Penalux e no qual foi uma grande surpresa para mim, estava ansiossíma que chegasse e, quando abri vi esse título que me deixou bastante pensativa e me fazendo refletir sobre o que o autor iria esconder entre as linhas da poesia. 

Fiquei sem reação quando tive a honra e oportunidade de ter essa parceria com a editora e além do mais, receber essa obra que possui uma cultura e tanto, coisa rara de se encontrar por aí! Livros únicos dessa maneira fazem a diferença.



As almas de Porcelana realmente me prendeu minha atenção do início ao final, traz a grandeza de palavras simples que remetem muitas das vezes o nosso cotidiano e a maneira que enxergamos as coisas a nossa volta.

Girassol
"Sintonizada a frequência
da melodrama da espécie humana
está ela perplexa humilde e sorridente
no canteiro no quintal. 
Escancarada aos raios escaldantes
de um sol que é de todos
traz sonhos alegres
de um amanhã sem toneladas de mortes. 
Num mundo de pólvoras
onde escasseia o amor
ri-se da cólera dos homens de toda parte
em conflito com a paz
em conflito consigo mesmos
e no seu verde e amarelo
vai singela a planta girando ao sol."
Pág. 29

É o poder de querer lutar e enfrentar todos, custe o custasse, mas pelo nossos direitos. Direitos da terra, que nos trazem a ser quem somos, é saber que estamos habitando e cuidando de um lugar que é nosso com alma e corpo.


As poesias escritas demonstram o poder que a palavra tem, o abrir seus sentimentos e os expor de uma maneira que realmente fazem a diferença. São poesias que despertam a nossa ânsia de viver, de não apenas sobreviver diante do caos que tudo se encontra.

Porque existimos
"São doridas por hábito as linhas que lembram o amor. Não é justo, amor, como se a flecha quebrada, a flor que secou, o pombo correio que perdeu a rota, sei lá, fossem o tudo. Teimo em cantar vigorosa poesia até sobre crateras eternas que parimos. Que seja curto ou longo, agora não importa. Maresia é que não. Para todos os efeitos, existimos." Pág. 55

As almas de porcelana nos remetem a tristeza diante de algumas situações que são enfrentadas, de um amor muito das vezes esquecido ou esperado por longos tempos e a vontade de querer que tudo acabe bem. É selar cada momento, cada situação com o dever cumprido e a esperança no olhar de quem sabe de uma maneira ou outra um dia tudo irá se ajeitar.


Tenho poucas palavras para escrever e falar sobre a obra, diante do material importante que ela possui e que faz uma diferença e tanto na vida do leitor. Com cada palavra dita, Gociante soube me emocionar e me ensinar em muitas vezes ver a vida de outra maneira e com outros olhos...me sinto grata.


A escrita do autor á maravilhosa, fácil de ser compreendida e com muito sentimentalismo exposto, sendo bem agradável. 
Além disso, a edição está linda, como puderam ver a capa está um arraso! E cada poesia tem sua página, aumentando a vontade de realizar a leitura. Realizei a leitura da obra em uma manhã, pois gosto de ler e ficar pensando sobre o que foi dito e reler outras vezes. 

Sobre o autor:
Daniel Gociante Patissa nasceu na província de Benguela, em 1978. Licenciado em Linguística/Inglês, pela Universidade Katyavala Bwila, é membro da União dos Escritores Angolanos. Descobriu a inclinação para o jornalismo e a literatura num programa infantil da Televisão Pública de Angola em 1996. Foi gestor de projetos, tradutor (Umdundu-Português-Inglês) e jornalista freelancer, tendo fundado a Associação Juvenil para a Solidariedade, ONG angolana. Serviu a Save The Children e a Handicap International. Publicou: Consulado do Vazio (Poesia, 2006), A última ouvinte (contos, 2010), Não tem pernas o tempo (novela, 2013), Guardanapo de Papel (poesia, 2014), Fátussengóla, O homem do Rádio que espalhava dúvidas (contos, 2014). Mantém ativo o blog www.angodebates.blogspot.com. 

Espero que tenham gostado dessa resenha!
Até a próxima.

55 comentários:

  1. Ola lindona faz tempo que não leio um livro de poesias o que me faz sair de minha zona de conforto, gostei da capa do livro e as poucas poesias que li na postagem já me chamaram atenção. Com certeza pretendo ler e variar um pouco o gênero de minhas leituras. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Cara Morgana Brunner, venho para deixar os meus agradecimentos pelo valioso destaque que dedica ao meu livro «Almas de Porcelana» e, ao mesmo tempo, parabenizá-la pela pertinência da actividade do seu blog. Tomei a liberdade de retomar a sua resenha lá no meu Blog. Um abraço angolano.
    Gociante Patissa
    www.angodebates.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Menina esse livro parece fantástico hein, adoro livros que nos prendem e nos fazem ver a vida com outros olhos. Nunca li livros de poesia, mas voce me convenceu a conhecer esse "Alma de Porcelana". Linda resenha, obrigada pela dica. Bjs

    Marcinha
    www.eupraticolivroterapia.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Nunca tinha ouvido falar no livro antes. Admito que gostei muito da capa.
    Antes eu curtia mais poesia, hoje eu quase não leio, mas vc fala com um sentimento tão bom, com tanta empolgação do livro que vou coloca-lo na minha lista de desejados e espero muito ler o livro.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Caramba, que bom que o livro te deu uma reflexão tão legal sobre a vida e seu dia a dia. Pelas fotos que você compartilhou, realmente, são textos profundos. Gostei da ideia, mas no momento não é o tipo de leitura que estou querendo fazer, então por hora vou passar a dica.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Livros que me fazem desafiar a mim mesma e querer mudar me deixam felizes, pelos que vi este livro faz um pouco disso, lutar pelos ideais, correr atrás.
    A capa dele é linda e pura poesia ♥
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Acho muito legal o livro nos fazer refletir. Me chamou muito a atenção e a capa é muito bonita.
    Desconhecia a obra e fiquei feliz em poder conhecer um pouco mais sobre.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não consigo ler livros de poesia de uma vez só, eu gosto de ler um poema e depois, num outro momento, ler um outro e ir lendo aos poucos. Pra me identificar com cada sentimento que eles abordem. Tipo como se estivesse ouvindo música, sabe?! Mas, de qualquer maneira, tem bastante tempo que não leio poesia.
    Gostei muito da capa desse livro, não conhecia o autor, mas gostei dos textos que você trouxe, quem sabe não pego um deles para um dos meus momentos. rs

    Beijos,
    sigolendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu amo livros de poesias e como você disse, esse parece ser maravilhoso e revigorante, e eu vou anotar a dica para ler em breve, pois há tempos que não leio poesia e pretendo remediar isso logo e achei o poema mostrado lindo e singelo. Amei a resenha.
    bjus

    ResponderExcluir
  10. Faz um bom tempo desde que leio um livro de poesias mas este me chamou bastante a atenção. Todavia, fiquei um tanto quanto receoso quanto a capa, não curti muito não, embora pareca refletir toda ideia do livro. Adorei o Girassol, haha, beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá morg, quando vi o livro achei que essa capa linda remetia uma história que se passava no sertão nordestino então me surpreendi quando vi que era um livro de poesia.
    Tenho vários livros de poesias, mas gosto só algumas de cada vez, não todo de vez, com certeza irei conferir esse livro, pois nós que fazemos letras, quanto mais poesia melhor. kkk
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Já amei a capa logo de cara, sem ao menos ler sua resenha. Amo livro de poesias e já quero logo esse livro, pelo jeito você amou demais e com certeza vou querer ter um exemplar.

    ResponderExcluir
  13. Oie, Morg! Não conhecia o autor, também não sou uma leitora de poesias, mas reconheço sua beleza. Seu post tá tão gostoso de ler que dá pra ver essa beleza e como as poesias do Daniel são tocantes e sentimentais. Para os apaixonados por poesia parece ser aquele livro perfeito.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, ainda não conhecia o livro, mas a capa, o título e o nome do autor chamara minha atenção, gostei da foto onde está "Isso eu já sei", parece que realmente as poesias são cativantes.

    ResponderExcluir
  15. Oii Morgana!
    Amei a capa do livro, adoro poesia e só o título do livro já nos faz imaginar o conteúdo. Pelas poesias que compartilhou conosco e pela tua resenha, dá pra perceber o quanto é especial. Com certeza leria com imenso prazer esse livro, e espero poder fazer isso em breve. Beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi, Morgs!
    Não conhecia o autor ou a obra, mas achei bem interessante o título da obra que já nos faz, como você disse, refletir muito! Não sou muito fã de livros de poesia, gosto de lê-las separadamente e ir absorvendo cada mensagem, mas para quem gosta, com certeza, essa leitura será rápida e memorável.
    Bjss

    ResponderExcluir
  17. Eu gosto muito de livros de poesia e ainda não conhecia esse, pela capa eu não compraria mas lendo a sua resenha percebi que posso encontrar belas poesias e fiquei curiosa

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Embora eu não goste muito de livros de poesia, me interessei bastante pela obra. Gostei muito da sua resenha também, que me deixou curiosa para saber quais poemas esse livro contém.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  19. Que capa linda! Para mim não há nada que supere uma boa poesia e, ao que me parece, essa obra contém muitas. Adorei o poema da foto, achei muito sensível e delicado, com um toque nostálgico. Muito bom mesmo!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  20. Oii Morgana!

    Adorei a resenha. Confesso que nunca li nenhum livro de poesia, as poucas que conheço foi através das maravilhosas aulas de Literatura, mas este me pareceu bem interessante. Vou aproveitar a dica, pois estou buscando livros que saiam da minha "zona de conforto".

    Beijos, Lê

    ResponderExcluir
  21. Oi. Gosto de livros de poesia, li poucos até agora e sempre quando vejo algum que gosto e que vale a pela eu tento encantar um tempo pra ler. Vou tentar encontrar esse livro para ler, vou ler aos poucos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Não tenho o hábito de ler poesias, não me sinto muito atraída por esse tipo de literatura apesar de achar algumas lindas, mas achei a dica bem interessante e uma ótima opção pra fugir um pouco da minha rotina de leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oii,

    Que capa linda hein!! Fiquei apaixonada.
    Não sou muito fã de poesias, mas esse livro parece ser bem diferente dos outros. Sem contar que a diagramação do mesmo está linda.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Que dedicação bonita a sua! Adorei a resenha! Como não gosto de livros de poesia (apesar de escrever algumas), acabo não escolhendo esse gênero na hora de ler e resenhar, mas, assim como você, fiquei encantada com a capa, a diagramação e os trechos que você fotografou. A poesia dele é livre, achei bem interessante. Parabéns!
    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  25. Morgana, adoro esse carinho e cuidado que você tem pelos livros de poesia.
    Já disse em outros posts seus que esse gênero não é meu forte, mas acho muito bonito quem gosta.
    Gostei muito da sua resenha.

    ResponderExcluir
  26. Oii,
    Adorei a resenha! Eu li só um livro de poesia esse ano e quero muito ler outro, já anotei a dica aqui parece ser muito bom!

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Olá
    não conhecia o livro ainda mas parece ser uma boa leitura, não é bem meu estilo mas mesmo assim é um enredo bem forte e interessante

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oi Morg...
    Não conhecia a obra e adorei sua resenha, parabéns!

    Valeu a dica. Abraços

    ResponderExcluir
  29. Olá, tudo bem?

    não conhecia o livro, nem o autor. Poesia não é muito minha praia. Sua resenha foi uma graça, deu vontade de conhecer um pouco mais a obra, mesmo eu não gostando do gênero.

    Parabéns,

    bjss

    ResponderExcluir
  30. Oii
    Não conhecia esse livro, realmente a capa é fantástica e a sua resenha transpassa uma sensibilidade incrível. Parabéns
    Só que eu tenho uma certa ressalva com poemas e apenas por conta disso nao leria a obra.

    Beijão

    ResponderExcluir
  31. Oie.
    Ultimamente estou bem ligada em poesias e poemas, sempre gostei e sempre participei dos concursos de poesia, mas agora a intensidade é diferente.
    Adorei as citações que você colocou, muito bem construídas e adorei a escolha das palavras. Com certeza vou procurar mais sobre esse livro, além de que me encantei pela capa, kkkk.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  32. Que massa! :o Eu gosto muito de poesia, então creio que a leitura fluiria muito bem. Parabéns pela resenha e pela parceria também, é claro <3
    Sucesso, linda!
    Bj

    ResponderExcluir
  33. O título do livro já é uma poesia em si né? Achei o título fantástico e pelo visto o livro é maravilhoso mesmo. NAo leio um livro de poesia de uma vez, vou lendo quando preciso de um pouco delas na vida.
    BjS, Isa

    ResponderExcluir
  34. Um livro narrado em forma de poesia? É maravilhoso! E eu concordo com você Morgana. As palavras tem uma influência sobre o mundo tanto quanto nossas atitudes diante de um livro. Ler e decodificar é fácil, mas ler e sentir tudo o que o autor colocou em um papel é realmente um retorno grandioso.
    Sua resenha foi bem convincente. Blog lindo!

    ResponderExcluir
  35. Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro. Adorei a capa e a sua sinopse. Obg pela dica!

    ResponderExcluir
  36. A capa já nos remete a toda a simplicidade e beleza que o livro promete ter... Eu estou amando cada vez mais o gênero poesia e com certeza eu leria Almas de Porcelana. Parabéns, pela resenha, pelas fotos e pela dica, já está anotada! Beijão

    ResponderExcluir
  37. Oie
    Que chique, o autor deixou uma mensagem super legal pra você! Adoro escritores que interagem com os leitores...
    Enfim, não tenho o hábito de ler poesias. Acho-as lindas mas parece que me dá um bloqueio e muitas vezes não consigo compreender o significado delas. =/
    A capa e o nome do livro são lindas, parabéns!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    www.relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
  38. Como é bom pegar um livro que te deixa satisfeita, ainda mais quando não se tinha ideia do que esperar. Apesar de gostar de poesia, tem um bom tempo que não leio nada do gênero. A capa eu não gostei muito, mas o conteúdo pelo que vi, está aprovado.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  39. Que fantástico! Gostei de conhecer este livro. Amo poesias e pelo pouco que você falou e pelas imagens já me contagiou! Preciso lê-lo urgente! hehe

    Bjus!

    ResponderExcluir
  40. Olá, o livro parece ser muito bom, não costumo ler muita poesia, mas mesmo assim vou anotar a dica *-*

    Visitem Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  41. Oi Morgana!
    Queria muito ler poesias, preciso desenvolver isso melhor!
    Gostei muito de saber da obra e como ela te emocionou e te fez refletir, parece ser um livro muito bom!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Oi Morgana, acho que já comentei com você que são bem poucos os livros e autores de poesia que me conquistam, para isso acontecer é preciso me tocar de uma forma profunda. Fico feliz que o autor conseguiu te emocionar e te ensinou a ver a vida de outra maneira. Mas acho que dessa vez eu passo

    ResponderExcluir
  43. Oi Morgana!

    Até hoje só li um livro da Penalux, isso porque a obra era de um amigo meu. Mas enfim, provavelmente Almas de Porcelana seria um livro que não leria. Não sou muito fã de poesia. Para ser sincera, o único poeta que me conquistou até hoje foi o Leminski e só ele mesmo.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br

    ResponderExcluir
  44. Parabéns pela parceria! Eu nunca li um livro de poesias, não sei se é muito a minha cara, mas Almas de Porcelana parece ser tão legal pelo que você falou. Costumo ler mais romances, talvez eu goste de ler poesias.

    ResponderExcluir
  45. Oi!
    Por falta de hábito mesmo não costumo ler livros de poema e poesia, mas estou sempre atrás de boas indicações pois tenho amigas que amam esse tipo de leitura e desconheço boas publicações do gênero, então a dica está anotada. Adorei o título da obra e fico feliz que tenha apreciado a leitura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  46. Oi, tudo bem?
    Eu gosto muito de livros de poesias e gostei da premissa que você trouxe. Gosto de livros que me fazem refletir e este parece ser um livro que vou gostar.
    Dica anotada. Estou ansiosa para ler esse livro agora ;)

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  47. Oi Morgs, sua linda, tudo bem?
    Essa capa está linda e o título bem forte. Pelas fotos, o pouquinho que eu li transmitiu a profundidade da obra, dos temas abordados. E a forma como lhe tocou dá vontade na gente de querer ler também. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  48. Eu adoro poesias, mas confesso que faz tempo que não leio. Eu adorei esse livro, a edição está linda, e é o tipo de obra bom para ter na bolsa ou na cabeceira para ler devagar, uma poesia por dia e tal.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  49. Que bom que gostou tanto, que a obra te emocionou e até tornou possível que você olhasse pra vida com outros olhos. Mas não fiquei com vontade de ler porque não gosto de poesia, não consigo me envolver com textos curtos, e o pouco que vi na postagem não chamou minha atenção.

    ResponderExcluir
  50. Ooi, Mooorgs! Tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem o autor, mas olha, pela capa já me conquistou. haha. Realente, esta uma arraso!!
    Amo poesias, infelizmente não tenho nenhum livro, esse parece ser ótimo. Espero ter a oportunidade de um dia lê-lo.

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  51. Oiiiieee! Eu AMOOOO poesia, mas faz tempo que comprei o meu último livro (cecília Meireles). Não conhecia o autor nem a editora mas achei muito interessante. Adorei a capa e a abordagem que o autor usou, é uma obra que eu com certeza adoraria ler. Como é bom se identificar com o livro né? Quando ele nos faz refletir... Vou anotar aqui a dica! Bjo lindona

    http://porredelivros.blogspot.com,br

    ResponderExcluir
  52. Oi, Morgana!
    Interessante a indicação, poesia é sempre uma ótima pedida para quando se quer algo leve, mas ao mesmo tempo envolvente e com bom conteúdo. Dependendo dos temas retratados, as reflexões realmente são capazes de nos mudar e fazer enxergar a vida de um jeito mais amplo, delicado, sensível. Quem tem o dom de reproduzir tais sentimentos e impactos em singelas palavras, então, merece ser realmente valorizado e divulgado cada vez mais!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  53. Olá! Adorei a premissa do livro! Adoro livros de poesia que nos transmitem cultura e argumentos, força para lutar pelos direitos (ou contam como outros o fizeram). Também curto bastante essa forma de escrever que nos faz refletir sobre a vida, nos transmite ânsia de viver e também nos remete à tristeza! Se a escrita é maravilhosa, me deixou com água na boca. Valeu a dica!
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  54. Não sou de ler poesias, li um ou outro durante esses anos de blog, apesar de ser um gênero que muitas vezes encanta e emociona com suas doces palavras, acabo não escolhendo esse tipo de livro, mas gostei das poesias citadas na resenha, entanto se encontrasse esse livro na livraria, eu não levaria por conta da capa, achei bem feia, pelo que você descreveu, acredito que uma capa que remetesse uma delicadeza maior, principalmente por conta do título seria legal. Mas enfim, achei interessante Almas de Porcelana, talvez um dia eu leia.

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  55. Olá, Morgana. Fico feliz que tenha se interessado e gostado da leitura, eu adorei a capa. Mas infelizmente não sou muito fã de livros de poesia, então dessa vez irei passar a dica!

    ResponderExcluir

Segredos Literários | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS