30/11/2016

Resenha l Morgenstern - Kelly Hamiso


Título: Morgenstern                                                                             Editora: Novo Século
Ano: 2016                                                                                                   Compre aqui: Site da autora
Páginas: 368                                                                                              Skoob
Autora: Kelly Hamiso
Livro cedido em parceria com a autora

Sinopse: "Sarah Vega é uma jovem dedicada aos estudos e à família. Além de estudar Fisioterapia, ajuda a mãe no carrinho de cachorro-quente e cuida do pai cadeirante. Um amor incondicional que ela só compartilha com os fiéis amigos. Paciente, está à espera do homem certo, alguém que fará a diferença em sua vida. Há quem diga que esse homem é Andreas, um rapaz charmoso e atencioso, completamente apaixonado por Sarah. Ela, apesar de querê-lo bem, não sente o mesmo. Uma inesperada visita a uma academia faz seu mundo virar de cabeça para baixo. Quando se depara com o campeão de MMA Hans Scheidemann – a Muralha Alemã –, Sarah se vê envolvida em um turbilhão de paixões e dúvidas. Afinal, Hans tem seus segredos, capazes até mesmo de colocar a garota em perigo. Tudo se complica ainda mais quando uma vidente lhe faz uma revelação inusitada: Sarah tem um dom especial e faz parte de um seleto grupo – as Estrelas da Manhã – do qual depende o equilíbrio do mundo. Numa trama tão alucinante quanto comovente, repleta de romance, esoterismo, ação e emoções à flor da pele, Sarah terá de fazer as escolhas certas. Disso depende não apenas seu futuro, mas o de toda a humanidade."

Oiii gente, tudo bem?
Hoje é dia de trazer uma resenha de um livro lindo que recebi em parceria com a querida Kelly Hamiso, estava ansiosa por demais para ler diante de tantos comentários positivos a respeito da história e a trama envolvente.
Fiquei honrada em ter a oportunidade de ler um livro tão bem escrito e encantador como ao da Kelly trouxe com seu jeitinho, percebi que temos muitos gostos em comum também pela história e quando conversamos.


Sarah veio ao mundo para trazer tamanha paz e ajudar a todos que se encontravam ao seu lado. Sempre fora uma menina de bom coração, que com seu jeito meigo conquistava todos os rapazes que assim tivessem contato com ela, era amada por todos, mas principalmente por Átila, no qual era seu pai e sempre precisava da ajuda de sua filha, pois era cadeirante e não se via pronto para se cuidar sozinho.

"Após quarenta anos juntos, viver sem ela era como estar com os membros amputados. Teria que se readaptar e reaprender a viver." Pág. 7

A menina sempre tivera tantos sonhos, ser fisioterapeuta, chegar ao dia tão importante de sua vida que seria pegar seu canudo e mostrar para seu pai, com tamanho orgulho de tantas lutas que tiveram no caminho, essa sim era o orgulho da família. Trabalhava em um hospital e a noite estudava, sempre com ótimas notas e querendo ajudar o próximo, principalmente crianças.


Por outro lado, podemos encontrar no caminho de Sarah a maluca da Gil, uma menina doce, louca e amável. Essa tinha o riso frouxo e não conseguia se conter quando a felicidade entrava em sua vida, as duas amigas eram inseparáveis e vivem de segredos, sem esquecer que era viciada em Minions e Sarah aguentava a amiga com todos seus dramas e escândalos durante todos os dias, fora as milhares de mensagens que trocavam.

"-Agradeço a presença de vocês hoje. A determinação, a persistência e a paciência são o que nos tornam fortes. Sei que todos aqui não tiveram um dia fácil e, às vezes, tudo o que a gente quer é ir pra casa e descansar. Mas o que nos difere dos demais é o que somos guerreiros, e os guerreiros não desistem. Obrigada!"Pág. 75

Já em outra direção, na mesma que a Sarah podemos encontrar e conhecer o Andreas, um cara rico, lindo e encantador, que todas as mulheres o queriam. Mas ele, por si continuava apaixonado e encantado por Sarah, esperava sua vida por ela e não se via namorando com outra garota, ela sim era seu sonho. Andreas fazia todas as suas vontades, levava em casa, dava carona mesmo ela não querendo, queria ser gentil e conquista-la.

Era todos os dias a mesma rotina, chegar em casa e cuidar de seu Átila, que a esperava ansiosamente para conversarem e contar o que vira na televisão, era o amor mais puro que Sarah tivera e tinha orgulho disso, por mais que algumas vezes não gostava de algumas atitudes que seu pai tinha em relação a outras pessoas, principalmente por ter certo preconceito.

"-Violência é o que a gente vê nos noticiários por aí. Ali no tatame é um esporte em que dois atletas estão técnica e fisicamente preparados para a luta." Pág. 107

Se passaram dias e a Sarah continua a viver sua vida a dedicar-se aos estudos, até que o destino resolvera cruzar o seu caminho, tivera que ir a uma academia de lutadores para fazer um trabalho diferente para a faculdade e assim todo seu caminho mudara e o destino estava a lhe preparar tantas situações e momentos que não imaginava, muito menos quem iria fazer parte disso tudo.

"-O destino, Sarah, é apenas uma sugestão de Deus, como o palpite de um pai quanto à escolha da carreira do filho. É apenas uma sugestão." Pág. 190

Era ele, era Hans que chegava e dominava a cena com seu jeito forte e bravo. Ele que tinha seus músculos, era a Muralha, aquele que era o desejo de todos para lutar e enfrentar, o desejo de que todas as mulheres o queriam para uma noite ou até quem sabe para uma vida inteira. Mas, ele era difícil e como a vida lhe propusera tantas coisas estava querendo viver apenas sozinho, não queria envolvimento ou paixões.

Hans era um homem decidido e acreditava que nenhuma mulher conseguiria desestruturar sua vida, levar a se apaixonar realmente como um dia tivera oportunidade a anos atrás, ele não sabia ao certo quem era aquela menina misteriosa com os olhos de cor de âmbar, mas que ela chamara sua atenção, era uma beleza diferente de todas que já tinha visto nas outras mulheres que encontrou.

Finalmente o grande dia chegara e os dois se encontraram, Sarah estava nervosa porque sabia que dessa vez seria tudo diferente, já Hans não entendia o porquê dela querer o ver, achava que seria por mera educação e respeito por ser um homem mais velho e quem sabe poderia a ajudar na faculdade, ele não ligava, mas seu fiel companheiro Antônio estava entrando em ação.

"-É tão difícil de aceitar isso. Não é a minha crença. Eu sempre acreditei em Deus e que quando morrermos vamos ficar ao lado Dele. Que nós trocamos energias com as pessoas, Rezar, agradecer e amar." Pág. 231

O senhor Antônio aquele chamado anjinho da guarda que cuida de todos que gosta, era um homem vivido que acompanhava seu amigo em tudo, tinha tamanha compaixão com Hans, pareciam ser pai e filho, era tanta cumplicidade e carinho que seria estranho os dois se afastarem. Estavam sempre um ajudando o outro, e o “véio” era seu braço direito, sem ele não tinha forças para continuar lutando.


E assim a vida foi seguindo e revelando tantos mistérios e verdades que nem acreditavam, Hans e Sarah estavam a cada dia mais se envolvendo, mas a regra dos doze encontros para a primeira vez era verdadeira e assim teria que aguentar para ver se realmente valeria a pena tentarem algo novo e até quem sabe um romance futuramente. O amor entre eles aconteceu por acaso, ninguém esperava que fosse acontecer de uma maneira tão intensa que mexesse com todos os seus pensamentos e os levassem à loucura.

"-Eu jamais deixaria de viver um amor por medo de sofrer. Viveria o momento intensamente, curtindo cada segundo do relacionamento." Pág. 262

Dessa forma, as situações e a descoberta para saber quem seria a Estrela da Manhã era cada vez maior, e se Sarah se encontrava neste meio, as vezes com medo de encarar Hans e ir contra os conceitos de seu pai, acreditava que o homem era violento e resolvia tudo dessa maneira, mas o destino iria se aprontar muitas coisas surpreendentes.


Fiquei completamente apaixonada pelo Hans gente! Que deus grego, nunca pensei que fosse me apaixonar tanto por um personagem como foi com ele, era forte e grande, na medida de encantar qualquer leitora e nos deixar encantada com seu jeito meigo em cada página lida. A Sarah é uma menina encantadora em toda a história, não é nada chata e demonstra em certos momentos que não precisa de ninguém para seguir seu caminho e atingir seus objetivos.

A edição de Morgenstern está incrível e fascinante, vou deixar vocês curiosos de o porquê o nome do livro ser esse, que durante a leitura será esclarecido e sei que irão se encantar. As letras possuem um tamanho ótimo, com folhas amareladas e a autora procura nunca enrolar na história, nos envolvendo em cada parte da história. É aquele tipo de livro que nos encanta tanto e nos deixa de ressaca, não sei quando terei coragem de iniciar uma nova leitura por uns dias.

Conversei com a Kelly e ela revelou tantas curiosidades sobre a história que fiquei mais apaixonada, principalmente por Hans, sua escrita é maravilhosa e agradeço pela oportunidade de ler um livro tão lindo e encantador.

Para encerrar mais uma resenha, vou deixar um vídeo da música que representa a história, é uma das bandas que mais gosto de escutar e quero saber se conhecem, hein!



Sobre a autora:
Kelly Hamiso nasceu em São Paulo, em 1978. Desde os treze anos adora escrever, criar histórias e personagens, sempre compartilhando suas aventuras e seus amigos imaginários com sua melhor amiga, Sheila. Cursou Letras na Unifieo, casou-se aos 23 anos e tem dois filhos, com quem compartilha suas histórias.
Dois de seus contos, “Chocolate e água mineral” e “Segredos de Lourdes”, podem ser conferidos no site www.kellyhamiso.com.br


Espero que tenham gostado dessa resenha e até a próxima.

31 comentários:

  1. Obrigada, Morgs! Agradeço o carinho e respeito com o meu trabalho. E, o que dizer dessa resenha simplesmente incrível? Linda, linda linda! Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Primeiro, já adorei pelas citações que você colocou. E depois, amei tua resenha, fez com que o meu interesse pelo livro surgisse.
    Obrigada pela dica, beijinhox

    ResponderExcluir
  3. Que resenha linda!
    Apesar de não ser o meu gênero de leitura tô em curiosa para conhecer a história da Kelly.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Morgs, querida! Estou precisando conhecer este deus grego!!!! Que bom saber que a protagonista não é daquelas que queremos matar, mais um ponto para o livro. Eu já conhecia, e ele continua na minha lista de leituras.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá Morgs!
    Muito boa sua resenha flor.
    Sua empolgação me deixou um pouquinho curiosa, mas nao é bem meu estilo de leitura. Vou anotar a dica aqui e quem sabe futuramente eu de uma oportunidade a leitura.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Ainda não conheço a escrita da Kelly, mas realmente tenho visto vários comentários bem positivos por onde vejo gente falando desse seu livro e a cada um fico mais curiosa.
    A premissa é bem interessante e acredito que também me apaixonarei fácil pelo Hans! Ele parece ser um personagem incrível.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Morgs, tudo bem?
    Alguma chance de você ser minha vizinha e me emprestar esse livro?
    Menina eu ameiii. Além do livro ser ótimo a sua resenha está linda. Parabéns viu? Espero ler essa obra em breve. beijos

    ResponderExcluir
  8. Adorei sua resenha!
    O livro de capa já me conquistou, me ganhou ainda mais com a sinopse e a sua resenha foi lacradora, por assim dizer! As citações que você fez e todo os sonhos de Sarah, de se formar, de ganhar um canudo e dedicar ao pai, só mostra o quanto ela é esforçada e quer confortar o pai cadeirante. Agora esse lutador, Hans, ele parece ser bem quente, não só pelo fato de ser lutador, mas pelo o que você disse na resenha e eu gosto de personagens quentes hahaha
    Posso dizer então que esse livro oficialmente entrou pra minha lista de desejos e espero ler em breve pra saber se gostarei tanto quanto você!
    beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Morgs! Tudo bem?
    Conheço o livro, mas essa é a primeira resenha que leio e fiquei encantada! A dedicação, descrita por vc, da personagem em relação ao pai, é emocionante! Dica anotada, quero muito ler! parabéns pela resenha e sucesso para a autora! Bj

    ResponderExcluir
  10. Tô doida para ler este livro, a história dele me deixou bem curiosa, recebi o realese dele pela Lilian Comunica e aguardo meu exemplar.
    Parece-me que a vida de Sarah é bem movimentada então!!! Cheios de personagens interessantes.

    ResponderExcluir
  11. É a segunda vez que vejo algo relacionado ao livro e adorei os comentários, parece ser um belo livro.

    ResponderExcluir
  12. oIE
    PARECE SER UMA LEITURA BEM INTERESSANTE, BOM SABER QUE HANS É TUDO ISSO POIS ME DA MAIS MOTIVOS PARA LER HAHAHA A EDIÇÃO ESTA UMA GRAÇA E EO ENREDO ESTA BEM CHAMATIVO, ENTAO FIQUEI CURIOSA E SEI QUE A AUTORA É BEM TALENTOSA PELO QUE OUÇO FALAR

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Estou surpreso, pois fiquei com muita vontade de ler esse livro.
    Não conhecia a autora nem a obra, mas parece ser uma história muito bacana, apesar de comum.

    Beijos
    http://www.mundoinvertido.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá!!! Gostei bastante da resenha, da capa e sinopse. Ainda não conhecia o trabalho da autora, está de parabéns, fiquei bastante curiosa pela leitura. Desejo muito sucesso as duas, que essa parceria renda ótimos frutos. bjooooooo

    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Jesus, que trama é essa? Por isso amo nossos autores nacionais, estão cada vez mais diversificando nossa literatura. Já anotei aqui o livro para ler, e farei isso muito, muito em breve.

    ResponderExcluir
  16. Oi, primeiramente, que resenha fantástica, sério, através dela me deu aquela vontade de ler o livro. E a autora é nacional, ja amei ainda mais. Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  17. Eu estou louca por esse livro, acho a trama muito atraente e com certeza o desenvolvimento está maravilhoso. Eu adorei poder conferir sua opinião, gostei muito da sua resenha, ela está muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  18. Oi Morgs!
    Que livro em! Fiquei completamente apaixonada pela tua resenha, já quero ler!
    Quanto a banda, eu não conhecia.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Oi!

    Adorei demais essa capa, a primeira vista ela não despertou minha atenção, mas olhando de novo e mais atentamente a achei interessante ao ponto de despertar minha curiosidade.

    A princípio, pelo que li aqui, esta história tem tudo para me render uma ótima leitura!

    ResponderExcluir
  20. Oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, e gostei bastante dessa dica.
    Não é a primeira resenha que leio do livro, mas cada uma que vejo fico ainda mais curiosa. Um livro que traz uma história bem interessante. Gostei bastante!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  21. Oi, Morgs! Já vi outros comentários positivos sobre a história e suas palavras só reforçam a curiosidade que estou em conhecer o livro. Parece ser um tipo de trama que me agradaria. Obrigada pelas indicações!

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Desde que fiquei sabendo do lançamento desse livro eu me apaixonei também, parece ser maravilhoso! Fiquei bem curiosa para conhecer o Hans, já que ele te conquistou tanto assim, e ficar com essa ressaca literária também hahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. lendo sua resenha o livro me pareceu apostar em mais do mesmo, com uma mistura de ideia boa com clichê, pra mim se tivesse apenas a personagem nesse caminho ok, mas parece q os autores amam enfiar bofe nas histórias e isso me desanima mais...

    ResponderExcluir
  24. Olá,

    Estava louca para ler a resenha desse livro e gostei muito das suas impressões, fiquei curiosa para saber mais sobre o Hans e como ele e a protagonista vão se envolver. Se antes eu já queria comprar esse livro, agora ele esta definitivamente na lista de natal.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  25. Oie,
    Nunca vi nada sobre esse livro e pela capa não me interessei muito, mas com sua resenha, acabei achando bem interessante a proposta do livro e já coloquei na lista para ler mais para frente.

    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  26. Não conhecia o livro e nem a autora, mas quando comecei a ler sua resenha e percebi que a história tratava-se de uma filha q ajuda o pai cadeirante fiquei bem interessada. Contudo no decorrer da resenha parece que acabou surgindo muitos personagens e não curto muito quando isso acontece. Mesmo assim vou anotar o livro na minha listinha para futuras pesquisas. Parabéns pela resenha!

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  27. Oiii Morgs, tudo bom? Adorei sua resenha! Muito legal saber que também adorou o livro. Morgenstern foi um dos melhores que li esse ano. Kelly é genial!! E olha, também sou apaixonada no Hans! hahahahha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Oi Morgs,
    Não conseguir perceber realmente o que a autora quer passar com a história, acho que só lendo para compreender melhor. Gostei do fato dela não enrolar, histórias que seguem sem caminho reto me agradam mais. Sarah parece ser realmente encantadora e como sempre Remo contra a maré, fiquei mais curiosa sobre Andreas do que sobre o Hans.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  29. Olá! Fiquei encantado pela premissa do livro, sua resenha está impecável. Gostei de todos os personagens que você citou, são bem construídos e deixa o livro ainda mais rico, fiquei com inveja de vc ter o livro autografado rs. Música? Rammstein é foda.

    ResponderExcluir
  30. Olá;
    Estou louca para ler esse livro, a premissa é muito interessante, tenho certeza que vou me apaixonar pela história. A capa também está um arraso.
    Desde quando a autora anunciou o livro fiquei me perguntando o motivo de ser esse o titulo e li sua resenha curiosa para saber se vc contaria aqui e vc não contou né hahhahaah vou ter que ler o livro mesmo kkkkkkk

    ResponderExcluir
  31. Olá, tudo bem? Estou doida para ler esse livro desde a primeira vez que vi a capa e sua resenha só me motivou mais ainda. Hans tem o jeito de puxar qualquer leitora, já quero ler para ontem hahaha <2 Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir

Segredos Literários | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS