22/03/2018

Diário da casa arruinada - Tiago Feijó


Título: Diário da casa arruinada                                        Editora: Penalux
Ano: 2017                                                                                       Compre aqui: Loja Editora Penalux
Páginas: 168                                                                                 Skoob
Autor: Tiago Feijó
Exemplar cedido pela editora.

Sinopse: A história transcrita em “Diário Da Casa Arruinada” foi misteriosamenteencontrada pelo escritor, que sem saber ao certo sobre a veracidade de talnarrativa, pôs-se a contar com a força de sua lírica os relatos fictícios, ou não. Na narrativa, Quim, escritor formado em letras, duela com a necessidadeda escrita, que para ele, tornou-se labuta quase obrigatória, mas,contraditoriamente, uma atividade que lhe gera frustração, pois o personagemvive uma guerra com o conteúdo desta escrita, muitas vezes perdidas entre as rasgaduras de papéis descartados. Ex-fumante, ainda viciado no cigarro, Quim soma aos seus conflitos internos o desejo do abandono da substância, o qual não é apontado como hábito que lhe incomode, mas aparece apenas como obstinação deste escritor- personagem. A narrativa é construída sobre o drama das ruínas do casamento de Quim com sua mulher, a artista plástica Madalena; juntos o casal tem uma filha chamada Selene. O conflito gira na roda da falta de comunicação entre marido e mulher, representadas pela mudez de uma afetividade invisível, opostamente às brigas que servem para minimamente demonstrar resquícios de algum sentimento. “Diário Da Casa Arruinada” explora os recônditos do interior de Quim, que ao observar sua família desmembrar-se testemunha a estrutura de seu interior arruinar-se nos rastros das lembranças relatadas no seu diário.

Oii gente, tudo bem?
Hoje é dia de trazer a resenha de um dos livros que recebi em parceria com a Editora Penalux, no qual sendo um dos lançamentos da editora que de cara despertaram muito meu interesse e tive a hora de receber para agora contar tudinho para vocês o que achei.


Diário de uma casa arruinada é um diário no livro, algo extremamente relevante e importante escrito contando os dias de um fumante para parar com esse vício de fumar loucamente, acreditava que assim escrevendo poderia se livrar, assim também nos contanto como era seu dia a dia e sua história de vida.

"Lia diariamente, com afinco e afã. Não me desvencilhei da Literatura desde o dia em que a descobri." Pág. 13

Desde a infância sempre tivera tamanha vontade de escrever e viver disso, seu pai por outro lado não o incentivava e tornava o garoto como qualquer um, sem saber que saber escrever era o que sempre foi importante e único no meio em que vivemos. Diante disso, conheceremos a trajetória de alguém que nos encanta por ter seus gostos peculiares e nos desaba com suas tristezas.


Tudo começara com Madalena, o verdade único caos em sua vida, que lhe encantava e era a mulher que amara, não sabia ao certo porque tanto vício naquele corpo, mas sabe que só o simples dela falar seu nome com certa vulgaridade ou simplesmente o mexer de sua língua o envolvia, e ela pedia por diversas vezes que ele parasse com o vício de fumar.

"Descobri que cerrar os olhos é uma maneira de se esconder e, por conseguinte, de se encontrar com o homem que habita o escuro do homem." Pág. 154

Convenhamos a conhecer por entre os capítulos escritos, a verdadeira abstinência de um indivíduo que tenta parar de fumar, e qualquer caos, desilusão ou mesmo palavras chulas, são motivos para ir e se alimentar do vício, aquele que vai tirando a vida aos poucos e quem o consome. Madalena queria que ele parasse, principalmente, por causa de Selena, sua amada filha, uma criança que não sabia de nada que ali tudo ocorria de maneiras diferentes no qual sempre sonhava e acreditava.


Ao terminar de ler essa obra, propôs-me a pensar e refletir sobre como o personagem era e, porque agia dessa forma. Claro que o vício fazia parte costumeira da sua rotina e que a cada dia era um tortura viver sem aquilo que mais gostava de saborear. Por outro lado, começo a pensar que deveras, ele era tremendamente depressivo e por diversas vezes ficava a pensar em situações tristes que a mudança não importaria e não lhe traria nenhum benefício, aliás, só mais não prejudica.

Diário de uma casa arruinada pode-se ser um relato de famílias que vivem esse relato de fumantes e sobre a depressão, como a mulher suporta ver o que está se destruindo do seu lado e a frente, sabendo que é preciso aguentar quieta pelos seus filhos, nem que custasse sua felicidade.

Foi uma leitura dolorida e por certos momentos senti angustias de ver que o personagem em certo caos não se importava com a própria vida e acreditava que nunca seria capaz de parar com o vício, recebia o apoio de palavras, mas não como devia. Um livro de nos tirar do eixo, nos fazer pensar em que mundo vivemos senão podemos e nem temos a capacidade de apoiarmos uns aos outros em momentos tão frágeis e simples da realidade.


Sobre o autor: 
Tiago Feijó nasceu em Fortaleza, em maio de 1983. Formou-se em Letras Clássicas pela Unesp. Venceu o Prêmio Ideal Clube de Literatura 2014. É autor do livro de contos Insolitudes (7letras,2015). Tem textos publicados em diversas revistas e blogs de literatura.








Espero que tenham gostado dessa resenha e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segredos Literários | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS